Para onde???

Confesso que depois de casar, virei mais caseira do que nunca. Não acreditava que vivenciaria o dito "Quem casa quer casa" tão intensamente. Principalmente agora que ainda estou sem trabalho os dias estão tão frios, o desanimo para sair de casa sem nenhum destino final em mente tem sido grande.
Preciso fazer caminhadas, mas o máximo que conseguí até agora foi descer e subir os 12 andares do meu prédio... preciso conhecer melhor a vizinhança, descobrir um mercado mais barato, e um horti-fruti tb.
Tenho enviado vários currículos nas últimas semanas, o Di me anima dizendo para eu mandar para lugares bacanas onde eu realmente gostaria de trabalhar, mas a verdade é que não sei o que quero.
As vezes, começo a me imaginar trabalhando em algum editorial de revista, criando coisas legais, me permitindo conhecer coisas, artes e culturas novas, mas não sei como trilhar um caminho e chegar até isso. Hoje em dia, tudo nessa vida funciona por indicação, e infelizmente não conheço ninguém para isso.
Telemarketing, vendedora de shopping ou qualquer outra coisa e algo que me prenda 8 horas dentro de algum lugar que não me permita ver a luz do dia, e tudo o que acontece lá fora através de uma janela, não me atrai.
Será que tenho que fazer um curso de jornalismo? Mas agora não é mais obrigatório ter o curso, basta um caráter investigativo... (ou seja lá o q esse mundo "midiaúnico" solicite).

Enfim, quero continuar e ampliar as minhas artes.
Mas tb quero algo concreto...
não sei o que fazer..e odeio esse sentimento de "sem saída".
Quem me dera, os bons contatos.

2 comentários:

  1. Oi Pri,
    Obrigada pelo comentário viu!!! que bom que vc gostou, eu continuo aqui na luta comigo mesma. Esse seu post me lembrou um pouco eu, não na parte de ficar em casa e tal, até pq deve ser um delícia ter o seu cantinho, do seu jeito e tudo mais, mas a parte de se sentir um pouco perdida. Qdo eu terminei a faculdade de publicidade me sentia muito perdida, mesmo formada achava que eu não tinha profissão, me sentia nada. Era ruim. Até eu chegar na a conclusão que o melhor era começar tudo de novo e fazer a facul. de artes levou tempo. Hj mesmo sabendo que não quero ser professora a minha vida toda, me orgulho de ter uma profissão. Faz projetos de oficinas, manda para as casas de cultura, eu depois de 2 anos consegui pegar duas oficinas, a hora-aula é de um valor ótimo e é fora do ambiente escolar. Pense nisso, vc é super talentosa, o resto é consequência!
    Vc tem msn? se tiver me adiciona: giarlima@hotmail.com
    Te dou mais detalhes se vc quiser!

    Beijos e esteja bem!

    ResponderExcluir
  2. Pri, o Caio trabalha numa editora!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu carinho e recado.