Se - pa - rô pra pensar...

Confesso que tava doida pra atualizar meu site, mas não sabia como começaria, com um novo post de idéias, de coisas de bom gosto e decoração que encontro nesses blogs e sites da vida, mas a verdade é que me inspirei a dizer algo que estou pensando agora.

Já deixo o aviso de que talvez os próximos posts não sejam tão interessantes, inteligentes ou coisas do tipo, mas serão pessoais. Percebí que ao longo do tempo comecei a me preocupar muito com os leitores do blog e deixei de ser autêntica e extravasar o que normalmente me fazia sentir melhor e mais leve! nem que fosse usando palavars de baixo qcalão, que por mais feias que sejam, ás vezes são insubstiuíveis.

Vivo lutando com os sentimentos nostálgicos que tender a me fazer querer voltar no tempo e ter os amigos da adolescência... mas não adianta, quando baixa a "sessão meu passado" posso ter certeza que estou sozinha e de que o Di não vai me ajudar a passar por isso de uma forma amena. Como ele não viveu a mesma fase que eu, de alegrias, diversões e contentamentos, ele não tá nem aí quando reclamo que não vejo, nem falo com mais ninguém.... Eu acho muito do bom, pq até agora não tinha me tocado que tenho 25 anos, sou uma mulher casada, formada, dona de casa, artista (quem me conhece sabe de que o sentido da palavra aqui é o de atividades manuais - a Margarida Flor) com responsabilidades intransferíveis.Já era tempo de dar os primeiros passos, difíceis, de uma vida sem definições, nem comodismos.

Aprendí que viver fora da igreja é bem difícil, ams muito mais real, já que aprendemos a realmente entender e amar as pessoas que chamamos de ímpios. E nossa, como isso é ridículo. Crente se acha!!! Deixa eu te falar, essa é a verdade. Quando estamos dentro da igreja, tratamos os de fora como "pecadores", "sujos" quando a verdade é que só estamos na igreja pq precisamos nos limpar da sujeira do pecado. Que pelo fato de termos aceitado Jesus somos mais bonitos, talentosos e merecedores!!!
Ah gente , isso é tão pequeno!!! Estou aprendendo que o Deus real se vive no dia-a-dia, na tentativa de reencontrar amigos, chamar os que eu achava que tavam "desviados" pra comer uma pizza, jogar video-game, ou passear no shopping. É dar umas mancadas e ser capaz de pedir perdão. É mais prático do que imaginava!!! Mas é roça.

Enfim, é isso!
tenho que colocar roupa no varal e tomar banho!
Hoje demorei!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu carinho e recado.