Nem sei...

Se eu achava que não tinha vida social, já posso ir me arrependendo de maldizer os dias que não estive cercada de pessoas. Afinal eu só tenho que lidar com 900 "cryanssa" por semana, além de ter que saber os nomes das mesmas, tentar trabalhar com djeguinidade e não voltar rouca pra casa.

Meu novo mantra é "Saláriooooooosaláriooooooosaláriooooo"... e assim vou mantendo meu corpo vivo, minhas emoções controladas e minha ficha policial intacta.

Pq se os políticos e os babacas dos direitos humanos vão realmente ficar votando essas leis estúpidas como não poder "bater nas cryanssa", o dinhero deve bastar pra me calar, e ignorar o nível chulo de relacionamento que sou obrigada a manter com alguns alunos.

Fora isso, valido meus púpilos, que conversam de boa, que sabem o que é respeitar, que terão um ótimo emprego e viverão pra conhecer os filhos dos filhos.

Tõ parecendo meio noiada, né?
Isso é efeito da ausencia de sono e sonhos...
Preciso de uma cama, de um abraço do Di e férias.... de novo.
Mas se não der, um findi prolongado serve.

Oi Setembro, tô te esperandooooo!

3 comentários:

  1. Menina, nem me fale, o doutorado está uma dureza... Não pensei que tivessem tantas pessoas ruins no meio acadêmico :(

    O que me faz ficar bem são os planos para o casamento e a casa nova :)

    Desanima não, viu? Tem fases que são osso duro de roer. Mas passam ;)

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. hahahahahahahahahahaa!!! Pri, amo você e suas paráfrases e seus pensamentos e suas análises e seus coments ... e ... ah, tudo vai!!

    ResponderExcluir
  3. Eu entendo perfeitamente.. tem ia que nem dá vontade de sair de casa pro trabalho...
    Dpeois passa!! rsrsrs

    Beijoo,
    Cy

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu carinho e recado.