Tô, num tô!

                   Enquanto me decido se escrevo esse post ou termino de tirar o esmalte das minhas unhas, vou tentando lembrar meu post imaginário que escreví mais cedo, enquanto descansava. Estou lendo o livro Melancia, e isso me deu ânimo pra escrever um pouco. 
Essas últimas semanas tem sido estranhas... não digo difíceis, pois elas simplesmente tem passado sem muitas complicações. O que tem rolado, na real é uma indefinição sobre tudo o que vai rolar comigo, com o Di, com nossos planos. Se eu te falar que há 1 mês tava tudo decidido e agora tá tudo sem data pra acontecer vc acredita? Meio engraçado com recheio de sorriso amarelo e esperançoso ... é assim que me sinto. Pra se ter uma noção, nem o valor do meu salário eu tenho idéia do que vai ser, ou seja... estou trabalhando a troco de não sei o que!

                Outra coisa muito estranha mesmo é o meu quase-total desinteresse pela internet (isso é superweird simplesmente pq sou capaz de passar horas e horas a fio navegando pelo "nada virtual"), e tb por programas de tv. Ultimamente estou fã do silêncio, da quietude, da solidão.
 De verdade, amo ficar em casa, sozinha, sem barulho, conversas ou músicas. Não sei quanto tempo isso durará, mas é bom aproveitar enquanto posso. Nada a ver com depressão ou algo assim, mas sei lá.. é que só no silêncio é possível se encontrar. Tenho sido confrontada pelas primeiras metas que tracei ao sair da escola... e agora me sinto um pouco distante do que gostaria. Atrasada, receosa, ansiosa pra fazer algo acontecer e esperando o OK de Deus. 
Sei lá... só não quero mais errar... não tanto. Não sempre.

Vou voltar as unhas. Não dá pra ficar com 5 com esmalte e 5 sem. 
Ateh 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu carinho e recado.