Amores platônicos e nossas conversas imaginárias.


Semana passada estava assistindo um episódio de F.R.I.E.N.D.S - aquele em que todos os amigos tem uma listinha de celebridades com quem eles ficariam, e fiquei pensando sobre as minhas paixonites da adolescência. Atualmente não sei se tenho paixão por ator/cantor, porque sei lá, a gente cresce e vai tendo noção da realidade, então acaba admirando o profissional por outros motivos além de beleza. Mas, pra não perder a graça, vou listar os mais mais da minha vida tooooda, valendo até hoje.

Se é pra começar com relacionamentos platônicos, bora pro meu first and endless love. O Cavaleiro do Zodíaco que trazia a cólera do dragão era meu muso de infância, com direito a cabelo comprido e uma voz muita da sexy (pra dublagem dos anos 90). Ps* Eu amo verde esmeralda e petróleo até hoje... e deve ser por causa dele. Minha idade nessa época: 10 anos.


Vamo lá, canta comigo : MMMBop Badubida badubop .... Como eu amei esse loiro de olhos claros e cabelo comprido. O legal de tudo é que a banda era composta por 3 irmãos e bom, dava pra dividir o amor entre os três. O Taylor combinava mais porque a nossa idade era próxima, sabe gente! Se bem me lembro, foi meu primeiro amor platônico entre estrelas que existem de verdade. Foi na época da escola, dos fã clubes, onde vc escrevia cartas, comprava posteres, álbuns, cantava todas as músicas em inglês - beeeeem errado - e tinha longas conversas imaginárias de como vcs conversariam, se ele viesse pro Brasil e se perdesse no seu bairro..huahuahua - aloka! ps* Essa foto é a evolução dele nesses últimos 16 anos, e fala sério, eu escolhi bem!!! Minha idade: 14 anos


Como assim ?????!!!! O cara anterior não era loiro de cabelos compridos... kekiacontesse?
Seguinte, nessa fase da vida eu era doida pelo Egito, e quando saiu o filme, até parece que eu ia torcer pelo mocinho, que era americano. Eu queria mesmo era ser Anaksunamun e ter um amor eterno, que me ressuscitasse entre tesouros escondidos e múmias faraônicas. Era muito mais interessante. Lembro de ter pego uma gilete uma vez e riscado o nome dele no meu braço (do Imhotep, não do ator, Arnold Vosloo) - muuuito superficialmente porque eu era muito esperta de fazer algo que virasse cicatriz e meus pais me batessem até sair da pele. hhehehe. Idade: 16 anos.


Vixiiiiiiii, esquece a fase dos carecas: na fase do lançamento de O Senhor dos Anéis, eu pirei o cabeção com o elfo loiro astuto que era o Legolas. Lábios finos, olhos claros, imortal. Tem como querer outro? Nhac... coiso lindo - Ps* Foi só a fase Légolas mesmo, pq em Piratas do Caribe, ele ficou em segundo plano com a chegada do pirata mais querido da ficção, e eu nem quis saber mais do Orlando Bloom, até que ele socou a cara do idiota do Justin, e ganhou novamente o meu carinho e admiração. Idade: 18 anos


A primeira vez que eu conheci ele foi num clipe, "Your body is a Wonderland" e além de ser gato e ter essa boca que pelamordidels, eu pensava que seria muito legal ter um namorado que cantasse lindamente (voz rouca) , tocasse e compusesse pra mim. Na verdade, eu tinha um amigo, que não sei que cargas d'água eu achava que tinha uma boca sexy parecida com ele - só que não, pensando bem - então meu amor era dividido em amar o John Mayer e fingir que não gostava desse amigo, do qual eu era doida doida mesmo. Hehehhe, tão engraçado pensar nisso... adolescentes sonham muito, meu!!! E eu era (era?) muito viajada. Idade: 19 anos



Se você assistiu Orgulho e Preconceito, não existe a possibilidade de você não passar os dias seguidos sonhando em ter um Mr. Darcy na sua vida... o melhor príncipe encantado que existe - o que faz joguinhos, cheio de mistérios, que ocupa seus pensamentos, que te dá raiva, que é lindamente inteligente e de posses - e de quebra te ama em silêncio e salva a moral da sua família. Esse filme é show e eu, como sou idiota, ainda não li o livro. Mas quando o fizer.. ai ai ai... Ps* O ator Matthew MadFadyen fez outros filmes como Os 3 Mosqueteiros, Anna Karenina ( no papel do irmão sem vergonha e traidor - irreconhecível) e atualmente tem uma série no Netflix com ele - Ripper Street, que eu comecei a assistir sem muitas chances de continuar. Simples como eu me apaixono pelo personagem, e depois, nunca mais. Idade: Qualquer uma, desde que vc assista o filme. 


Tem como gostar da voz de alguém mais do que só pagar pau pela beleza? Porque é como eu sinto com o Sherlock da vez. Que voz que esse homem tem, gentchi! Lembro de ter assistido Star Trek e só ter gostado so filme por causa da voz do Benedict, mas aí ele veio pra ficar no meu coração quando fez a voz do Smaug em O Hobbit. Apesar disso, ele tem feito um ótimo trabalho como o nada fácil de lidar Sherlock, do Netflix. Seriado que indico sem pestanejar!!! (Pestanejar - engoli o dicionário dos anos 40) Idade: atualmente, já que estou esperando a nova temporada de Sherlock sair. 

Legal que esse foi um dos temas do Rotaroots dessde mês, e achei o máximo ele combinar com o episódio que assisti. Inda mais, num mês de amor, como Junho - o qual eu não comemorei de quase nenhuma forma, porque teve muita coisa estranha e complicada acontecendo, hahaha, então a gente espera que Julho seja mais do que positivo. Bjus, e teh outra hora. 

2 comentários:

  1. Olá! Adorei seu blog... ganhou uma leitora =) E adoreeeeei esse post hahaha Taylor certamente estaria na minha lista e o John Mayer seria meu número 1... claro que tem muitos outros mais bonitos que ele, mas acho ele tão interessante, tão charmoso, sem contar as músicas que são maravilhosas <3

    Beijos

    http://www.jessicasilvano.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba... quantos amores a gente tem em comum... músicos principalmente.
      John Mayer ganhou meu coração só com a voz... hoje em dia ele é meio babacão, fala muita coisa nada a ver, mas ainda bem que o talento dele não depende disso. Rs
      Eu amei seu blog..layout, conteúdo... já tá na lista dos meus queridinhos.
      Bjão.

      Excluir

Obrigada pelo seu carinho e recado.