Pri 30 menos 30



Oi, meu nome é Priscila, tenho 30 anos e estou postando essa foto porque me acho horrorosa nela e porque meus dedinhos fofos e curtos já estão te falando qual o nível de obesidade que eu estou:II. Então, eu decidi perceber que já tenho 30 anos, não rola mais ser criançona e emagrecer, ao custo de dieta, caminhadas, legumes, frutas, água e verduras. Se você quer saber mais sobre mim e essa fase gorda e longa da minha vida, chega mais:
Então pessoas... novo mês... e metade de 2015 oficialmente começou. O que deu pra ser feito até aqui a gente fez, o que deu pra comer, eu comí e um pouco mais, e o que deu pra procrastinar eu tb procrastinei ou seja, agora eu acordo pra vida de adulta e preciso me forçar e me treinar ao auto-controle. E isso eu vou colocar aonde? Na minha boca grande, pra eliminar os 30 quilos que me dei ao longo dos últimos 6 anos. Perder 30 quilos em 6 meses é lóooogico que não vai acontecer, porque eu não irei pra academia, nem vou fazer Dunkan, ou cirurgia desses troços... eu vou ser: Saudável. Tchau, Batata frita, sorvete, Burguer King!!!

Nem consigo citar aqui os motivos pelos quais cheguei a todos esses quilos, mas uma coisa eu te digo: não me incomodo em ser gorda... me incomoda não me sentir mais bonita pra mim, ter que ficar procurando posição pra tirar foto, esconder a papada e os braços roliços, e ter adquirido uma gordura abdominal feia e chata pra caramba.

 Conversei com meu marido hoje, e tenho certeza que, quando disse que começaria dieta, ele falou ok por fora mas por dentro pensou: Não dou 24 horas pra ela se empanturrar de doces e porcarias. E eu não fico chateada com ele, por que esse pensamento sempre se materializou nos últimos anos da minha vida. O Di vive me chamando de gordinha e confesso que as vezes me sinto triste comigo mesma. São poucas coisas nessa vida redonda que me chateiam: marido apertar minhas banhas, não entrar nas minhas roupas preferidas, morrer pra amarrar uma sandália, ver fotos minhas que outras pessoas tiraram, sair chateada do provador por 48 tá justo e GG é babylook. 
Isso porque eu tenho uma p....... baaaaita auto-estima (sim, ela é beeeeem alta mesmo)  e mesmo não entrando nem em uma calça 46, eu me sinto o máximo... porque eu me amo e sou uma pessoa muito legal e divertida, como vcs podem ver, porém não tão amada a ponto de pensar na minha saúde, e é isso que pretendo mudar nos próximos meses. 

Fazer dieta, pra mim, é um suplício. O mau humor começa logo quando eu me levanto e piora ao ver um doce ou algo que eu não posso comer, me sinto injustiçada ao não me permitir algo que eu considero delicioso e reconfortante, buscando sempre me justificar a cada mordida. Por isso, pra dar um tapa nessa minha falta de vergonha na cara (e na minha cara redonda tb, PQN?), decidi postar esse assunto aqui, pra me encorajar a começar essa saga e continuar nessa meta que só vai resultar em benefícios pra mim, e pro maridocs... é claro. E eu sei que, tendo que dar satisfação pra mais de uma pessoa, eu me envergonho de voltar atrás. 

Quando eu falo do marido, ele as vezes me enche o saco, chama a minha atenção mas também não ajuda, já que disse que depois que engordei fiquei bem mais atraente digamos, em algumas áreas em que eu não era farta... ou seja... fiquei com peitão e bundão (eu já era bunduda mas hoje sou, praticamente, uma Kim Kardashian obesidade II no tamanho do traseiro, plus celulite e gravidade)!
Não! Não imagine a cena... desculpe por isso. Quando falo que vou emagrecer e que a gordura dessas áreas irão embora - ele fica chateado, e eu me calo pensando: se ele me deseja assim, que bom, néam?  
Só que não, porque que se 30 quilos mais magra eu já não tinha a mínima noção de como ser sexy pra ele, que dirá agora, depois de 6 anos de casamento, quando tesão já não é mais o carro chefe do relacionamento? Mas enfim, eu quero ser tesudona pro meu homem e quero voltar a usar um monte de roupas que eu usava antes... e não quero ter perrengue na hora de comprar novas roupas ou usar sobreposições - que eu amooooo! Eu sou bonita, mas 30 quilos a menos... bitch, eu sou linda!!!

Bom, então é isso!
Pensei em fazer videos tb. O saco vai ser aguentar gordofóbicos, críticos de saúde que não me bancam um Spa, gente que não sabe o que é procurar outra coisa pra ver no Google - sim, pq haters nada mais são do que gente babaca que não gosta do que tá vendo, mas é imbecil demais pra fechar a página, daí tem que espalhar o veneno da desgracença que tem dentro de si - enfim quem vai fechar o zíper da calça ser gostosa de novo é essa que vos escreve e é bom a gente se amar por dentro e por fora. De chato, já basta as calcinhas que apertam as banhas, né? 

Da minha nova alimentação eu falo semana que vem. Beju, Pri

5 comentários:

  1. Amei Pri.
    Até me animei.
    Penso exatamente como vc.
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Milnha.. que bom descobrir que foi vc que escreveu.
      Bora mudar essa nossa cabeça de gordo, né? rs

      Excluir
  2. E ai Pri, que tudo este seu texto! amei, não sua sinceridade pq isto já lhe é nato; mas sobretudo pela forma como vc pontuou - causa e efeito!
    O que vc decidir e o que fizer a partir disso já será colheita! hehe:) Beijooooo (com 35 é bem mais dificil conseguir, o metabolismo muda mesmo.....) beijoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Edi... pois é... vergonha na cara tem tudo a ver com domínio proprio, né?
      Quanto mais tempo a gente demorar a tomar uma posição... mais tempo os resultados chegam.
      Que o Sr nos ajude a usar melhor o nosso tempo!

      Excluir
  3. Pri, amei o seu jeito, super sincero de se posicionar. Senti a força das suas palavras em cada estrofe e verso que li e daqui, de longe, te mando energias positivas. Que você tenha sempre foco e determinação que você vai longe, boa sorte e você é lindona, um beijo :*

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu carinho e recado.